sexta-feira, 29 de julho de 2016

Onde surgiu o “gol Olímpico”?


Marcado diretamente através de uma cobrança de escanteio, o gol olímpico é um dos lances mais inusitados do futebol.

O primeiro registro de um gol nesta circunstância, de acordo com o site da Fifa, remete ao ano de 1924, quando o atleta Billy Alston marcou um gol direto de uma cobrança de escanteio em um jogo válido pela segunda divisão escocesa.

Já o termo “olímpico” surgiria no mesmo ano, num amistoso entre Argentina e Uruguai, em Buenos Aires. Em uma tarde do dia 2 de outubro, a bola rolava e, aos 15 minutos de jogo, com o placar ainda zerado, o atacante argentino Cesáreo Onzari bateu um escanteio pela esquerda com tanto efeito que a bola entrou rente ao primeiro poste, para azar do goleiro uruguaio Antonio Mazzali.

Com os rivais celestes vinham de uma conquista da medalha de ouro no Torneio Olímpico de Paris, por brincadeira, a imprensa esportiva da Argentina descreveu o lance como um “gol olímpico”.

No Brasil, a popularização do termo aconteceu graças a um amistoso entre Vasco da Gama e Montevideo Wanderers, do Uruguai, em março de 1928. A vitória vascaína por 1 a 0 veio de um gol feito em cobrança de escanteio do jogador Santana, o que automaticamente gerou, assim como na Argentina quatro anos antes, uma repercussão na mídia esportiva local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário